Alimentação x Câncer de Mama

Alimentação x Câncer de Mama

Outubro Rosa está aí com o intuito de nos alertar para a prevenção do câncer de mama, um dos tipos mais incidentes no mundo. Já sabemos que alguns cuidados podem possibilitar o diagnóstico precoce e tornar a vida mais fácil, não é?! Entre eles o auto exame e a mamografia. Mas será que através da alimentação conseguimos algum resultado?

De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), a prevenção do câncer de mama não é totalmente possível em função da multiplicidade de fatores relacionados ao surgimento da doença e ao fato de vários deles não serem modificáveis. De modo geral, a prevenção baseia-se no controle dos fatores de risco e no estímulo aos fatores protetores, especificamente aqueles considerados modificáveis, que seriam o que chamamos de fatores externos.

Estima-se que por meio da alimentação, nutrição e atividade física é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama. Controlar o peso corporal e evitar a obesidade, por meio da alimentação saudável e da prática regular de exercícios físicos, assim como evitar o consumo de bebidas alcoólicas são recomendações básicas para prevenir o câncer de mama.

Falando em alimentação, a melhor opção é sempre consumir os alimentos in natura, aproveitando ao máximo os nutrientes e focando também na variedade. Sim! Um prato bem colorido faz toda a diferença!

Evitar o consumo de alimentos processados e ultra processados é uma boa sacada, já que entre os conservantes, flavorizantes, corantes e afins, estão várias substâncias xenobióticas (aquelas que o nosso corpo não reconhece como nutrientes), com isso reduzimos o estresse metabólico e a inflamação sistêmica.

É importante ressaltar também, que o consumo de fitoterápicos deve ser feita com prescrição do médico ou nutricionista, afim de evitar efeitos indesejados dos princípios ativos. Engana-se quem pensa que, sendo de origem natural (plantas), pode-se consumir à vontade.

Cautela no consumo de alimentos gordurosos, embutidos e defumados (carnes gordas, bacon, linguiça, salsicha, frios, queijos gordos, creme de leite, pele de frango, hambúrguer pronto, salgadinhos, fast food), é mais uma dica importante! Ah… e dar preferência aos integrais (pães, arroz e outros) e carnes brancas também é fundamental!

Com esses cuidados no dia a dia, é possível prevenir o aparecimento de diversas outras doenças além do câncer de mama. Cuide-se bem! Faça por você o que ninguém mais pode fazer…. Afinal, nosso corpo é nosso maior patrimônio!!!

Ah… uma dica mais do que especial: não tenha medo da comida…. Diga não ao terrorismo nutricional! Faça isso cultivando hábitos saudáveis, mas sem neurose! Permita-se descobrir novos sabores e novas receitas em boas companhias, com altas doses de bom humor… A felicidade e o bem-estar são as melhores prevenções…

Por Patrícia Campos Ferreira

Nutricionista especialista em Nutrição Humana e Saúde; Nutrição Esportiva; Nutrigenética, Nutrigenômica e Epigenética. Life Coach, Ativista Quântica, Terapeuta Reikiana e Instrutora de Meditação.

Contatos:

www.facebook.com/patycamposnutricionista

Instagram: @patycamposnutri

E-mail: [email protected]

Whatsapp: (31) 99896-4058

Foto: Site Instituto Vencer o câncer

Sobre o autor

COMENTÁRIOS