“Eu vivo na pele”, diz vereadora sobre problema com drogas e trabalho com dependentes

“Eu vivo na pele”, diz vereadora sobre problema com drogas e trabalho com dependentes

Eleita para o seu primeiro mandato depois de disputar outras três eleições, a vereadora Gislene (PSD) é exemplo de perseverança e trabalho ao próximo. Há mais de 20 anos a parlamentar atua junto a dependentes químicos mesmo quando dividia o tempo com a sala de aula onde lecionou história durante 30 anos na rede estadual até se aposentar.

Gislene Inocência participou do programa Sete Lagoas em Debate e falou que “entrei de cabeça no trabalho com dependentes quando descobri que um dos meus filhos tinha se envolvido com maconha”. Para o jornalista Marcelo Paiva a vereadora falou também que chegou na Câmara “querendo saber tudo, quero conhecer tudo, direitos, deveres, legalidades e quero trabalhar em cima da legalidade total”, revelou.

Graças ao trabalho liderado por Gislene centenas de pessoas entre homens e mulheres já se internaram para tratamento e “muitos estão de pé e hoje nos ajudam”, comemora. Sobre o trabalho na Câmara ela conta que já se sente adaptada e que durante o recesso parlamentar no mês de janeiro atendeu a várias demandas apresentadas em seu gabinete.

Políticas públicas relacionadas às drogas serão as principais bandeiras da vereadora ao longo dos próximos anos como vereadora de Sete Lagoas. “É uma causa que eu defendo e quero lutar sempre enquanto eu tiver força e condições”, decreta.

Marcelo Paiva
Secretaria Especial de Comunicação | TV Câmara

Sobre o autor

Responder ao comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Os campos obrigatórios estão marcados*