Home Educação Startup de educação a distancia esclarece dúvidas para quem vai fazer a segunda prova do ENEM

Startup de educação a distancia esclarece dúvidas para quem vai fazer a segunda prova do ENEM

6 min read
0
0

Por conta das mais de 400 escolas ocupadas durante a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no começo de novembro, 273.521 alunos terão que fazer a prova neste sábado e domingo, 3 e 4 de dezembro. No entanto, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), pouco mais da metade dos alunos sequer acessou seu cartão de informação para verificar o endereço da prova.

Para ajudar os candidatos a se planejarem, o Stoodi – startup de educação à distância que oferece videoaulas, plano de estudos e monitorias transmitidas ao vivo – preparou uma lista com as principais dúvidas que os alunos podem ter sobre essa segunda aplicação do exame.

1) Como eu sei onde será o local da minha prova?

O Inep enviou uma mensagem no e-mail e celular de todos os inscritos que precisarão fazer a prova nessa segunda data, informando sobre a atualização do Cartão de Confirmação, que mostra o novo local do exame de cada estudante, entre outras informações. O Inep, que reenvia as mensagens a cada três dias, reitera a necessidade de o aluno conferir com antecedência esses dados e, se possível, até visitar o local da prova antes. Importante frisar que nos dias 3 e 4 de dezembro os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, pelo horário de Brasília.

O cartão de confirmação pode ser conferido aqui:

http://enem.inep.gov.br/participante/#/inicial informando CPF e senha do aluno. Caso o estudante tenha perdido sua senha, a recuperação deverá ser feita no app do Enem ou neste endereço: http://enem.inep.gov.br/participante.

2) O que o aluno precisa levar no dia?

De acordo com a organização do Enem, o participante deve levar um documento original com foto válido e caneta esferográfica preta fabricada em material transparente. É proibido usar qualquer outra cor de caneta por inviabilizar as respostas no gabarito, que é corrigido por um computador. Segundo o Inep, não é obrigatório (porém altamente recomendável) levar o Cartão de Confirmação, que contém número de inscrição, data, local e horário do Exame, indicação de eventuais necessidades de atendimento médico, opção de língua estrangeira e solicitação de certificação (se for o caso).

Para mais informações, acesse o edital aqui:

http://download.inep.gov.br/educacao_basica/enem/edital/2016/edital_enem_2016.pdf

3) A nova aplicação acontecerá em todos os Estados?

Só não haverá a segunda aplicação de prova no Acre, Amazonas, Amapá e Roraima. Com 72 mil alunos que não puderam fazer a prova em novembro, Minas Gerais é o Estado em que mais pessoas farão o exame neste final de semana, seguidos por Paraná, com 46 mil, Bahia, 37 mil e Espírito Santo, onde a nova prova será aplicada para 23 mil estudantes. Entre as regiões do país, o maior número de estudantes que fará a segunda prova vem do sudeste (que concentra 40% dos alunos) e Nordeste, com 32%.

4) A nova prova será mais fácil ou mais difícil que a primeira?

De acordo com o Inep, o modelo de Teoria de Resposta ao Item – sistema pelo qual a prova do Enem é elaborada – garante a isonomia de dificuldade entre a prova aplicada neste fim de semana e a do começo de novembro, oferecendo a 100% dos candidatos a mesma chance de sucesso.

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais Redação
Carregar mais Educação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

Veja Também

Neste domingo (23/4) a bola rola na 24ª Edição da Copa 2001 Jeans

Vem ai mais uma edição da Copa 2001 Jeans. Tem início neste fim de semana o  evento q…