buscar
quinta-feira, 10 de setembro de 2009 - 16h32 - da Redação

Alunos do Ensino Médio fazem exposição de arte contemporânea


Alterar tamanho da fonte  Aumentar tamanho da fonte Diminuir tamanho da fonte Redefinir tamanho da fonte

Cubismo, futurismo, expressionismo, dadaísmo e surrealismo. Esses cinco movimentos de arte moderna e contemporânea serviram de inspiração para os alunos de 1º e 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Maria de Andrade Resende, em Belo Horizonte, que expuseram seus trabalhos artísticos pelas paredes, pelo teto e até mesmo pelo chão da escola. A iniciativa dessa exposição, inaugurada no dia 31 de agosto, foi do professor de Artes Alecir Luíz Babeto. Depois que se formou na capacitação do programa “Valores de Minas” (veja mais informações abaixo), promovido pelo Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) em 2006, ele já fez três exposições de trabalhos dos alunos.


Alecir conta que o primeiro passo foi estudar os movimentos artísticos. Depois, os alunos organizaram-se em grupos, focaram um artista e desenvolveram uma releitura a partir das observações. “O tripé ‘conhecer-julgar-fazer’, que aprendi com minha capacitação no “Valores de Minas”, foi o norte desse exercício. O resultado foi surpreendente”, destaca o professor.

Lucas Gomes, aluno do 1º ano do Ensino Médio, escolheu o cubismo como tema para seu primeiro trabalho artístico. “Fiz recortes com papel e papelão, colei papel laminado em volta e, com isso, fiz a moldura de duas pombas. Quis passar a mensagem de paz com o meu trabalho”, relata o estudante, que escolheu Pablo Picasso como referência para sua obra.


Ana Luiza Tavares Santos, também aluna do 1º ano, batizou sua obra comoCubismo perfeito. Ela se baseou no trabalho do artista Jaime Reis e, com cores misturadas, fez um X e um triângulo em alto relevo, cheio de formas. “Minha obra não tem uma explicação bem definida. É uma proposta de arte contemporânea. Mas ele traz alegria aos espectadores, pois tem muita cor”, explica.

Exposição

Exposição


A exposição

Há cerca de 30 trabalhos expostos na escola. De acordo com o professor Alecir Babeto, a exposição é uma maneira de reconhecer a iniciativa dos alunos. “Outro aspecto interessante é a intervenção em espaços públicos que se transformaram em verdadeiras galerias de arte. Isso muda o olhar de quem convive com a escola e faz refletir um pouco mais sobre a arte e a rotina das pessoas. Não deixa de ser uma proposta pedagógica”, esclarece.


Por enquanto, a exposição está aberta somente para os pais dos alunos, mas a ideia é abrir também para a comunidade. “Quando vi as obras espalhadas pela escola, não acreditei. Fiquei surpresa com a criatividade e a organização dos alunos, que mostraram ter sensibilidade como artistas de verdade”, diz, orgulhosa, a vice-diretora da escola, Luciana Maria Gusmão.


Valores de Minas


OValores de Minas” (www.servas.org.br/valores-de-minas/o-que-e.aspx) é um programa do Servas e do Governo de Minas que oferece, a jovens e professores das escolas estaduais, oficinas de arte e cultura com foco em formação cidadã e crescimento pessoal. Foi lançado em 2005 e, de lá para cá, já formou 1.950 pessoas entre alunos, multiplicadores, professores e ex-alunos que fizeram curso de extensão.

Deixe seu comentário!